terça-feira, 1 de maio de 2007

Terminal Rodoviário de Uarteira

Meus amigos, a Avózinha é uma senhora muito viajada, então repara nas coisas mais insignificantes...

Ou não...

Mas esta acho que não é insignificante!!! Porque acaba por ser estranho ouvir, um turista a pronunciar Uarteira.

Image Hosted by ImageShack.us

Em todo o caso o que acham disto?

Ai Quarteira... Quarteira...

8 comentários:

Liane disse...

É verdade...eu moro perto da rodoviária e já tinha reparado nesse pormenor que, na realidade, se acaba por tornar num pormenor com alguma importância!

Rogermad disse...

Ora aqui está uma bela imagem do Portugal Provisório...

Já ando algum tempo para tirar uma foto... mas ainda nao tive tempo.

Em breve haverá alguns fotos insólitas de quarteira... sobre a requalificação da Avenida Mota Pinto...

Saudações geográficas

www.georden.blogspot.com

rogermad

O Café da Avozinha disse...

Rogermad, isto em Quarteira está de uma maneira que é aquilo que deves de chamar "kaos Urbanico", pronto culpa da falta de todos os planos da nivel de Autárquia, promenor...

Porque nunca existiu interesse de planear Quarteira, existiu sim o interesse de responder à procura maciça do turista de massas, colocando em risco qualquer tipo de zona verde (isto na periferia), até a própria organização do sitio. Hoje em dia é normal ver aquele planeamento em rede de aranha quase, que se expande dos centro em forma de teia, em Quarteira é ruas assassinar outras ruas, stops e sinais onde não deveriam de existir, a sorte é que existe uma grande arteria que consegue escoar isto tudo caso contrário tinhamos um cidade Marroquina do século XVI em vez de Quarteira XXI.

Mas pronto... Isto é só o raspar da pedra.

Mas quando ouvi no autocarro, OH this is Uarteirah!!! Bem... Tinha que tirar foto.

Saudações Turisticas,

Avozinha

Rogermad disse...

"a sorte é que existe uma grande arteria que consegue escoar isto tudo"

Olá,

Tinha que citar-te...
Muito teriamos de falar sobre planeamento urbano...

Um dos grandes problemas de Quarteira é a avenida principal...
A avenida partiu por completo a cidade! Criou a fragmentação urbana: de uma lado a área nobre (de frente para a praia), do outro a menos nobre...

Ainda para mais uma avenida paralela à linha de costa que tem 2 faixas de rodagem em cada sentido... mais o parque de estacionamento... mais duas estradas laterais... foi ocupar solo urbano de uma forma errática!
Nunca devemos planear uma cidade de acordo com a projecção de infra-estruturas rodoviárias... apesar de estas serem muito importantes para a composição da cidade, é um erro traçar uma estrada só porque fica bem ou porque a direito é que é bom...

Tens de pensar na cidade de uma forma orgânica... de conjunto...
Em quarteia não pensaram em nada!
Apenas pensaram em rasgar a cidade por uma via com caracteristicas de auto-estrada...
e dps foi esperar... pelos hóteis, apartamentos-turísticos... e só mais tarde... pensaram... bem... está na altura de chegar os equipamentos colectivos!

O trânsito é gerado pela via principal que foi mal projectada...

E...
É no núcleo antigo que encontramos praças, locais de sociabilidade para comunidade usufruir... Agora já estão a tentar minimizar isso com o Parque Infantil n.º 2, com o parque urbano (que está para ser inaugurado, etc...)

blá... blá...
muito tínhamos que falar...

Saudações geográficas,

www.georden.blogspot.com

Rogermad disse...

É o meu ponto de vista sobre essa infra-estrutura...

Como pode haver outros diferentes...

Quem projectou a estrada pensa que fez a grande obra de Quarteira...

Naquela época, ainda me lembro...
era muito puto... era só poeirada... e havia uma casa tradicional algarvia que ainda resistia à demolição... encontrava-se mesmo no meio do traçado da futura via... então a casa fazia de rotunda...

Essa imagem ainda se encontra na minha mente...

Acabaram por projectar a fragmentação da antiga aldeia que sonhava ser cidade...

Agora está a ser requalificada...
especialmente nos espaços arboreos e passadeiras... (já não era sem tempo...)

Vamos lá ver como rumará o planeamento da cidade de Quarteira...
É importante que os Quarteirenses estejam atentos...

Saudações geo,

O Café da Avozinha disse...

No futuro acredito que vamos ter em Quarteira daquelas demolições como aquelas torres em troia.

Agora é assim, Quarteira não foi pensada, pronto... No tempo das vacas gordas o dinheiro era muito terreno era barato toca a construir, pois a CML queria uma boa contribuição autárquica... Mas gostava de ver os planos de promenor e tal lá da década de 70/80/90 para Quarteira, acho que não existem e se existem fecharam os olhos a muita coisa. Transformaram numa Vila com uma grande potencial para ser uma segunda Vilamoura (Quarteira) num dormitório como muitos chamam mas á qual eu recuso associar Quarteira a essa palavra.
Quarteira não pode viver das pequenas obras e dos pequenos remendos, Quarteira tem de viver de um bom planeamento.

Agora avenida Mota Pinto, Sá Carneiro, pronto na tua prepectiva um erro, mas é o que faz esta coisa toda funcionar. Esta terra não é o melhor exemplo de sustentabilidade, mas pronto falta cor...

E não é com planos de demolições e reestruturações quase Utopicas que a cidade vai mudar, o mal já foi feito, agora é deixar a evolução planeada resolver...

Abraço.

Rogermad disse...

"Agora avenida Mota Pinto, Sá Carneiro, pronto na tua prepectiva um erro, mas é o que faz esta coisa toda funcionar."

O que faz Quarteira funcionar é a frente de mar...
Sem frente de mar... apenas com Avenida... Ninguém queria saber de Quarteira!

Um pouco como Almancil que vive eternamente da EN125... Almancil desde logo condenada, porque o seu crescimento se fez ao longo de uma estrada nacional... pelo menos não foi assaltada pela construção em altura...

Saudações geo,

Rogermad

O Café da Avozinha disse...

Oh rogermad, para quem estudou estes fenomenos da construção e é perito em ordenamentos, planeamento de território (pelo que parece), estas a usar argumentos muito simplistas.

"O que faz Quarteira funcionar é a frente de mar...
Sem frente de mar... apenas com Avenida... Ninguém queria saber de Quarteira!"

Jura!?

È a realidade meu amigo, está à vista de todos, mas não te esqueças que Quarteira antigamente era aquelas cazinhas ali à volta da Igreja velha.

Agora... está posicionada quase estrategicamente no meio do Algarve junto ao litoral, o que faz que seja um ponto de convergencia de pessoas tanto do barlavento como do sotavento. Acho eu que só isso foi contribuir muito para o que Quarteira é, agora em Quarteira eram pescadores tiveram mais vivencia com o mar, em Almancil eram agricultores...

Agora Almacil também cresce pois quintas do lago, e vales do lobo, estão ali muito próximos acho eu. NO nosso amigo PROTAL Almancil é tão bom que surge nele e Quarteira nem se fala, não percebo, mas vou perceber, entretanto vamos rezar que não se construa em altura em Almancil.

Que Quarteira fique vista como uma ERRO urbano e vamos ligar às teorias fantasiadas de fanáticos do ordenamento em que o Algarve tem que ser areia, dunas erva, hotel e pouco mais, vamos deixar os habitantes morrer à fome.

Está tudo interligado de uma maneira espectácular...

Eehehe...

Abraços.