quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Noites culturais - Duo de Violino e Guitarra

"A 14 de Novembro, pelas 21h30, a Galeria de Arte da Praça do Mar, em Quarteira, acolhe mais um espectáculo integrado na iniciativa “Noites Culturais”, desta vez com um Duo de Violino e Guitarra.

Rui Gonçalves e Rui Martins personificam o duo de cordas que irá actuar neste momento musical. Elementos com grande experiência na área música, ambos propõem-se a realizar um concerto que irá trazer de volta clássicos bem como elementos mais contemporâneos.

A entrada é gratuita."

.......................................

Aproxima-se mais uma noite cultural na Praça do Mar, é dado adquirido que será mais um magnifico momento de reflexão e acalmia perante alguns dos instrumentos musicais mais "eloquentes", jamais criados pelo Homem. Cultura, que venha mais! Quarteira precisa de "beber" cultura.
in, Voz de Quarteira, Novembro de 2009

sábado, 7 de novembro de 2009

Assembleia de Freguesia de Quarteira - Sessão de 05/11/09

Nota introdutória: Todas as informações relativas às reuniões da assembleia de freguesia de Quarteira, aqui expostas, são do conhecimento dos cidadãos presentes na mesma e podem ser facultadas na junta de freguesia.


A convocatória aludia a dois pontos presentes na ordem do dia:
  1. Apreciação e Aprovação do Regulamento Interno do Mercado Semanal da Roupa da Freguesia de Quarteira.
  2. Discussão e Aprovação da Alteração da Tabela de Taxas de 2009.
Relativamente ao primeiro ponto, este foi aprovado com 9 votos a favor vindos da bancada do partido social-democrata e com 4 votos contra da bancada do partido socialista. O segundo ponto, a proposta teve unanimidade.

No que toca ao período de intervenção destinado ao público, ficaram expressas questões relacionadas com os canais de distribuição informativa da assembleia de freguesia. Tendo em vista uma melhor divulgação das reuniões para que os cidadãos possam colocar as suas questões directamente ao órgão que a Democracia a nível local disponibiliza.

Surgiu uma questão relacionada com o novo cargo do Presidente da Junta, como adjunto do Presidente da Câmara Municipal de Loulé, se este iria levar o cargo até ao fim. Resposta surge no sentido que o presidente não irá abandonar as suas funções e irá respeitar o seu compromisso para com os Quarteirenses isto em consonância com o seu executivo.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

O Café da Avozinha Voltou!

Este tópico deve obrigatoriamente começar com esta pergunta: Quem não se lembra do primeiro formato do Café da Avozinha? Um espaço disponibilizado para a discussão de Quarteira, onde em conjunto eram analisadas muitas situações e tentavam-se alcançar propostas criativas para a resolução das mesmas. Era o fórum da Avozinha... Contudo, os projectos tendem a chegar a determinados patamares em que a "exaustão" leva-nos a algumas mudanças, que acabam por ser mudanças negativas. Estou a falar da desistência do CDA em proveito do Quarteira XXI.

Quando achamos que aquilo que nos movia, estava no passado, acredito que voltar a esse mesmo passado pode ser o maior tributo que poderei fazer ao primeiro blog dedicado unicamente a Freguesia de Quarteira. Não se costuma dizer que tudo volta ao clássico? Pois então, voltei ao Café da Avozinha.

A velhota voltou para ficar!

domingo, 25 de outubro de 2009

Crónica Testemunhos do Tempo – A Primeira Reflexão: carteia

Antes de qualquer avanço mais significativo, é apropriado que se faça uma introdução do cronista, dado que irei tratar assuntos históricos que irão suscitar interesse a muitos Quarteirenses.
Deste modo, sempre estarei disponível à discussão das matérias que irei apresentar e a outras. Chamo-me João Santos, tenho 22 anos, natural de Quarteira e sou estudante do Curso de Património Cultural na Universidade do Algarve.
Aqui mais próximo de nós, sou presidente da Juventude Social-Democrata e vice-presidente do Centro Desportivo de Quarteira, onde desempenho funções de treinador e atleta.
Contudo, deixemos as questões políticas e desportivas de lado e concentremo-nos nas de cariz histórico.
Acredito que a melhor forma de começar é através de uma primeira reflexão, que possa contribuir para o desmistificar de muito do passado desta freguesia caracterizada como terra de pescadores e turismo.Seguindo, esta linha de pensamento, elimine-mos de vez este grande erro da historiografia moderna – alimentado por alguns historiadores e gentes locais –, que apontam Quarteira como sendo a carteia pré-romana.
A trama remonta ao século XVIII e ao frade franciscano Vicente Salgado na sua obra «Memórias Eclesiásticas do Reino do Algarve, Lisboa 1786» identifica Quarteira como carteia.Esta identificação não deixa de ser questionável, dado que a mesma só foi possível através de supostos achados numismáticos, em que o próprio terá identificado em duas moedas; um tridente, a palavra carteia e delfins –golfinhos – ou atuns.

As moedas visíveis na imagem são oriundas de carteia em San Roque, Cadiz , datam do século II e I a.C, e são demonstrativas daquilo que Vicente Salgado poderá ter encontrado.

Contudo, podemos colocar o problema: O que faziam moedas de carteia (Cadiz) em Quarteira? Devido a trocas comerciais existentes entre as colónias Peninsulares, a importancia económica e geográfica de carteia, é normal que o fluxo de moeda cunhada nesta cidade da Hispania chegasse até estes territórios. Logo, toda e qualquer aproximação entre Quarteira e carteia, só pode ser explicado por erros a nível da Historiografia, deixando em aberto a questão: Qual a origem do topónimo Quarteira?


João Santos

Centro Autárquico - “Crédito … Como negociar com o seu Banco”

«No âmbito do protocolo em que a Câmara Municipal de Loulé é parceira, juntamente com a DECO Algarve, realiza-se no próximo dia 27 de Outubro (terça-feira), pelas 21h00, no auditório do Centro Autárquico de Quarteira, mais uma sessão informativa “Encontros com Sumo”, subordinado ao tema “Crédito … Como negociar com o seu Banco”. Pretende-se, desta forma, informar o público em geral sobre as questões ligadas à negociação dos spreads, os direitos e obrigações de quem vai pedir empréstimo à banca, e outras informações que nem sempre são bem explicadas pelos bancos e que, nestes últimos anos, têm sido uma das razões do crédito mal parado e endividamento das famílias
Há que ter presente, que estas sessões não se destinam unicamente a quem tem problemas relacionados com créditos ou endividamento. Logo está aberto a todos os cidadãos que desejem estar mais informados para estas questões, dado que nunca sabemos o dia de amanhã e esta crise tem sido somatório dessa realidade.
«Recorde-se que, ao longo de 2009, têm decorrido várias sessões da iniciativa “Encontros com Sumo”, com o objectivo de informar e sensibilizar os consumidores permitindo um melhor esclarecimento das suas dúvidas, na resolução de questões práticas, divulgando critérios de escolha que melhor encaminhem o consumidor nas suas aquisições e na defesa dos direitos e legítimos interesses da população
A entrada é livre, logo é aparecer e contribuir.
cit in
Voz de Quarteira

Vai haver debate no Centro Autárquico - Foz do Almargem: Que futuro?

No dia 27 de Outubro de 2009 às 17:00 irá ter lugar no auditório do Centro Autárquico de Quarteira um debate que foca um tema ambiental primordial para a nossa freguesia. Foz do Almargem: Que futuro? O QuarteiraXXI incentiva todos os cidadãos a participar e a debater este tema, dado que este património ambiental vizinho de todos nós, deverá ser protegido e salvaguardado para gerações futuras e cabe-nos a nós proporcionar essa continuidade.

Este debate é da organização da Almargem Associação de Defesa do Património Cultural e Ambiental do Algarve com o apoio do Centro Autárquico de Quarteira.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Tomada de Posse da Assembleia de Freguesia de Quarteira

Após uma longa ausência, volto com uma noticia relativa ao nosso órgão representativo mais importante a nível local. Na Quinta-Feira dia 22 de Outubro pelas 19:00 no Auditório do Centro Autárquico, irá ter lugar a tomada de posse da assembleia de Freguesia. Este é um momento solene em que todos os Quarteirenses deverão estar presentes.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

A VOZ DO POVO - O Martelo Quando Cai... Cai Pesado! Pobre Quarteira...

Certas noticias que surgem na imprensa local, conseguem causar uma grande revolta interior a quem realmente gosta de chamar "casa" à Cidade de Quarteira. Só que hoje, decidi colocar no QuarteiraXXI algumas frases que surgiram no boletim informativo Carteia Hoje, que pode ser adquirido ao longo de vários local espalhados pela cidade, com a finalidade de descortinarmos a intenção por detrás disto.

"Quarteira é uma cidade construida de blocos de pedra" - Alicia de Loulé " Para ser sincera, não gosto muito da cidade de Quarteira, porque acho que é uma cidade construída de blocos de pedra [...]"

"Quarteira só tem delinquentes e toxicodependentes" - Cláudia de Loulé " Não gosto de Quarteira. Sinto-me mal a andar na rua, porque é só delinquentes e toxicodependentes", "os brasileiros então, são do pior", "Os brasileiros que andam pelas ruas de Quarteira assaltam tudo e arranjam sempre confusão".

"Sinto-me inseguro em Quarteira" - António de Loulé "é uma zona um bocado feia", "Não gosto de Quarteira. è uma zona que não me diz nada", "Tenho lá casa e nem sequer passo lá férias", "Para António, a zona peca por acolher tantos "ladrões e delinquentes" e salienta "Sinto-me inseguro em Quarteira, e quanto às praias, são iguais em todo o lado".

"Quarteira nunca deveria ter passado a cidade" - Toy de Loulé "a única coisa que Quarteira tem de bom são as praias, porque, ao restantes níveis só vê aspectos negativos".

in, Carteia Hoje, Setembro de 2009
........................................................................
Perante este cenário de "kaos" ao bom estilo da mitologia grega, ficamos com a noção de que os Quarteirenses vivem no fim do mundo e que jamais se irá instaurar aqui o cosmos que reina na outra cidade do concelho. Contudo, na Quarta-feira a Assembleia Municipal de Loulé foi assaltada, segundo consta penso que o Centro Autárquico de Quarteira ainda não... Logo as opiniões destes 4 louletanos, parece que obrigam Quarteira a encerrar em si o núcleo grosso da delinquencia e toxicodependencia do Concelho. Meus amigos, criminalidade/toxicodependencia existe em todo o lado, não façamos Quarteira Sodoma e Gomorro num só. Há sim, que apresentar soluções nos locais que a democracia destina para os cidadão se fazerem ouvir, não é agora desabafos que contribuem para destruição da imagem de Quarteira. Destruir é fácil... Criar é mais difícil...

"Quarteira é uma cidade construída de blocos de pedra" - Realmente não entendo. se Quarteira actualmente é como é, só existe um grande culpado que são os sucessivos executivos camarários que autorizaram estas construções, desde dos anos 60. Mais facilmente é Loulé construída de blocos de pedra do que é Quarteira, dado a sua antiguidade. O Castelo de Loulé todo ele é em pedra - Século XIII - agora se estamos a falar dos molhes já é diferente.

Os restantes comentários, insegurança, toxicodependencia e afins... Gostaria de saber qual foi o inquérito que foi feito para se conseguir respostas tão interessantes como estas? Porque motivo não se lançou esta edição do Carteia Hoje em pleno mês de Agosto? Acredito que desse modo já teriam a praia desimpedida e estacionamento disponível para virem aproveitar "a única coisa que Quarteira tem de bom são as praias".

Temos que mudar muitas mentalidades neste Concelho.

O Martelo Quando Cai... Cai Pesado! Pobre Quarteira...

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Centro Desportivo de Quarteira - 15km de Quarteira!

"É já no próximo domingo, dia 6 de Setembro, que o CDQ - Centro Desportivo de Quarteira, com o apoio da Câmara Municipal de Loulé, Junta de Freguesia de Quarteira, Aquashow Family Park e de algum comércio local, leva a efeito esta manhã dedicada ao atletismo.

Caminhada de 5 kms, prova de atletismo de 5 kms e a competição propriamente dita em 15 kms. Partida ás 10:00 da Praça do Mar, em Quarteira, e chegada para todas as 3 provas no Aquashow.

O custo de participação é de 10 Euros e cada inscrito recebe 1 bilhete de entrada no Aquashow, t-shirt, saco de brindes, 1 sandes, sumo, fruta e fotografia digital individualizada (envia-se por email).

A prova dos 15 kms, para além dos citados prémios, tem ainda prémios por escalões (1.º, 2.º e 3.º) Senior, Vet 1 a Vet 3 e escalões femininos, além de 1 medalha de presença.
Prémio especial (Meta volante Thai em Vilamoura) e prémios a sortear entre todos os dorsais entregues).
O CDQ é um clube dedicado ao atletismo que em apenas 22 meses de vida é uma referência Regional e Nacional, sendo, inclusivamente, o clube com maior número de atletas federados no Algarve.
Ajude o CDQ divulgando este evento. Ajudem-nos a proporcionar mais e melhor qualidade de vida."

in, Jornal Voz de Quarteira, Setembro de 2009

.....................................................................................

É importante que se frise esta frase: «O CDQ é um clube dedicado ao atletismo que em apenas 22 meses de vida é uma referência Regional e Nacional, sendo, inclusivamente, o clube com maior número de atletas federados no Algarve. » Algo está a ser desenvolvido na pista de atletismo de Quarteira, de Segunda a Sexta-feira das 19:00 às 20:30, por uma equipa técnica competente e uma direcção sempre presente, que oferece aos jovens do nosso Concelho uma alternativa desportiva.

Eventos CDQ


quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Jovens Sociais-Democratas de Quarteira Elegem Comissão Politica - "Esta Comissão Politica foi e continuará a ser a vontade dos jovens."

"No dia 22 de Agosto de 2009 o Núcleo da JSD/Quarteira foi a votos para eleger por larga maioria a sua Comissão Politica, que tem como representantes; presidente João Santos, vice-presidente Liliane Gonçalves, secretário-geral Ricardo Proença, vogais Miguel Encarnação, André Mendes, Bruno Pereira e Vania Monteiro."

in, JSD/Quarteira, Agosto de 2009

..........................................................................

Seja a vontade dos jovens o factor motivacional que faça com que a JSD de Quarteira realize trabalho de substancia pela nossa juventude. Contudo, há que chamar a atenção para o facto de não deixar cair no esquecimento as juventudes partidárias. A JSD já existiu em Quarteira, mas deste vez volta reforçada por toda uma nova geração cheia de vontade para trabalhar.

Veremos o que trás o futuro.

sábado, 15 de agosto de 2009

Depois de 1 de Novembro de 1755 - O que aconteceu à povoação de Quarteira?

Após alguns dias de inactividade - trabalho de Verão - ponderei seriamente acerca daquilo que iria escrever no próximo tópico do Quarteira XXI. Surgiu a ideia de dar a conhecer um pouco os factos que resultaram do terramoto de 1 de Novembro de 1755 e respectivo marmoto, que, obliterou por completo esta aldeia de pescadores do litoral Algarvio.

Este pequeno excerto, ao qual atribui devida atenção fala-nos da distribuição espacial da população no Concelho de Loulé. «Em toda a zona costeira do Concelho apenas achávamos as armações, as fábricas dos italianos e a aldeia de pescadores de Quarteira, constituida por cabanas; não propriamente junto ao mar, porque os habitantes de Quarteira, tal como os de Boliqueime, depois do terramoto de 1755, seguido de marmoto, afastaram-se da costa e retiraram-se para zonas elevadas» (Martins, 2004)

Apelando um pouco ao senso comum, começamos a descortinar os efeitos deste acontecimento, ainda visivel nas ruas de Quarteira da zona dos Cavacos/Quarteira velha. Ruas estreitas e de ordenação algo confusa, podemos deduzir facilmente que as zonas mais altas tornaram-se referenciais para habitação. O que implica que o território - litoral - que conhecemos como Quarteira, naquele determinado espaço temporal de 1 de Novembro de 1755 sofreu um Restart.

«Em Quarteira, os pescadores povoaram o monte conhecido por Cavacos. Aqui, segundo testemunha O Pregoeiro, encontravam-se cerca de 300 cabanas de junco. O espaço geográfico de terrenos arenosos permanecia em geral desabitado, salpicado de ruínas de antigas povoações, fortes e torres de vigia» (Martins, 2004)

Depois de 1 de Novembro de 1755 - O que aconteceu à povoação de Quarteira?

Devido a destruição imposta pelo terramoto/marmoto toda e qualquer estrutura existente no litoral desapareceu, unicamente ficando de pé algumas estruturas de cariz defensivo já conhecidas de todos nós. A zona dos cavacos por ser mais alta serviu de local para a fundação das novas habitações destes Quarteirenses que sofreram com estes cataclismo. Segundo, informações da altura terão morrido cerca de 50 pessoas do sexo feminino e do sexo masculino, afirmo que se Quarteira não tivesse sofrido este Restart, hoje teria outra importância no Concelho de Loulé.

domingo, 2 de agosto de 2009

Festa do Pontal do Calçadão de Quarteira

"A tradicional Festa do Pontal, organizada pelo PSD/Algarve, irá realizar-se no próximo dia 14 de Agosto de 2009, às 20 horas, no Calçadão de Quarteira. O vice-presidente do PSD, José Aguiar Branco (foto ao lado), convidado de honra deste ano, e Mendes Bota, líder do PSD/Algarve, farão os discursos finais, depois da intervenção de vários dirigentes locais e regionais do partido.

Durante o evento, serão chamados ao palco os 116 cabeças de lista do PSD às Assembleias de Freguesia, Assembleia Municipais e Câmara Municipais do Algarve, bem como os candidatos à Assembleia da República pelo Círculo Eleitoral de Faro.

A Festa do Pontal, que se iniciou em 1975, continua a ser um ponto de encontro de social-democratas de todo o país, em gozo de férias no Algarve, mas regista hoje uma evolução qualitativa desde que em 2005 se mudou para o Calçadão de Quarteira.

Além do jantar servido à mesa, haverá animação a cargo dos TGV SAX e do projecto musical “Fado e Não Só”.
in, Jornal Voz de Quarteira, Agosto de 2009
...................................................................

Quarteira mais uma vez é palco para esta tradicional festa social-democrata, dado a proximidade de eleições os discursos fazem-se adivinhar.

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Feira do Livro e do Artesanato de Quarteira - «Promover o artesanato local e regional»

Entre os dias 7 e 19 de Agosto vai ter lugar na avenida marginal pedonal da nossa cidade, mais uma edição da Feira do Livro e do Artesanato. O horário é de domingo a quinta-feira, das 19:00 às 24:00 e à sexta-feira e sábado estará aberta das 19:00 à 01:00. com entrada livre. Mais uma oportunidade para arranjar alguns livros interessantes, para amantes de antiguidades literárias também há muito por onde escolher. Não deixar de passar no expositor do nosso artista da terra os corvos que marca sempre presença neste evento.

In, Jornal Voz de Quarteira, Julho de 2009

Cartoon - Dois mundos...

quarta-feira, 29 de julho de 2009

JSD de Quarteira acção ambiental no Forte Novo/Almargem em Quarteira


"JSD/Quarteira acção ambiental no Forte Novo/Almargem em Quarteira

No dia 11 de Julho a JSD/Quarteira realizou uma acção, que reuniu um grupo de jovens onde constavam militantes e não militantes, em torno da causa ambiental, numa zona da Freguesia. Esta actividade desenrolou-se no Sábado de manhã, onde 10 jovens aplicaram o seu tempo, para levar a cabo uma recolha de lixo. A zona alvo, previamente definida e intervencionada, foi ao longo da Rua do Forte Novo, pinheiros e estrada do Almargem.

A realização desta acção por parte da JSD/Quarteira teve como objectivos, alertar e consciencializar as pessoas, para esta problemática e a necessidade da existência de uma maior cultura ambiental. Dado que a Freguesia de Quarteira, possui valências a esse nível que deverão ser exaltadas e salvaguardadas. Para que se possa proporcionar uma melhor qualidade de vida aos seus residentes e turistas.

No final desta acção, a JSD/Quarteira contabilizou a recolha de 9 sacos de lixo.

A JSD/Quarteira agradece à Junta de Freguesia de Quarteira pela disponibilidade e apoio prestado, fundamental para que se tivesse realizado esta acção dentro de normalidade.

A COMISSÃO INSTALADORA DO NÚCLEO DA JSD/QUARTEIRA"

in, JSD de Quarteira, Julho de 2009

.......................................................

Embora com poucos meses de existência o Núcleo da Juventude Social Democrata de Quarteira, tem mostrado uma dinâmica interessante. Na sua tentativa de fazer chegar até aos jovens a politica e outras questões relacionadas com a nossa comunidade, acredito que vão desenvolvendo um bom trabalho. Através de acções como estas e outras, podemos compreender a necessidade que fazem as Juventudes partidárias e em Quarteira temos a sorte de possuir várias. Dentro de anos aposto tudo como teremos cidadãos melhor preparados para discutir e elevar as questões da freguesia e concelho.


Joaquim Vairinhos em Conferência de Imprensa - Vandalização de Outdoor


Ultimamente, tenho disponibilizado pouco tempo para o Quarteira XXI, mas há situações que decorrem neste concelho às quais não consigo deixar de atribuir alguma atenção. Acredito que ao fazê-lo vou entrar num ciclo de comentários relacionados com o estado da nossa politica local que farão algumas pessoas parar, voltar ao que é mais primário e reflectir acerca dos nossos candidatos. Essa reflexão pretende que não nos deixemos engodar pelo "espírito de carneirada", e que tenhamos a capacidade de distinguir quais as acções mais correctas e menos correctas levadas a cabo pelos mesmos.

Ao visitar o blog Sebastião encontrei um tópico relacionado com a problemática da vandalização de um Outdoor do candidato à Câmara Municipal de Loulé - Joaquim Vairinhos - onde estava uma frase interessante «Não a esta politica sem Ética!» Tudo bem, vivemos num Estado de Direito Democrático chamado Portugal e acredito que todos os cidadão tem liberdade de expressão para se fazerem notar nesse sentido, não denegrindo como é claro a imagem dos outros. Conforme avancei no vídeo da conferência de imprensa, alcanço o minuto 2:47 e como jovem que sou, reconhecendo a minha condição de inexperiência politica, algo deixou-me um pouco abalado e decidi escrever este tópico.

Este candidato com esta conferência de imprensa já é conotado com uma tentativa de campanha de vitimização como li algures pela net, mas não é essa a questão. O que realmente é inadmissível, é um candidato à Câmara Municipal de Loulé, um candidato que pretende se colocar à frente do maior Concelho do Algarve organizar uma conferência de imprensa e dizer - para todos ouvirem - as barbaridade escritas contra si no Outdoor. Elas já são condenáveis, porque acredito que quem partilha do espírito democrático as abomina, mas o facto de se voltar a repetir era desnecessário e acredito que nesse sentido este candidato perdeu pontos.

Mas cumpriu o seu direito de demonstrar o seu descontentamento para com a situação e esse direito ninguém deverá ir contra, afinal de contas pensou na sua família, somente as coisas podem ser ditas de outra maneira. Contudo, não foi a melhor, a não ser que o objectivo dessa conferência fosse outro.

Acredito que é importante reflectir acerca disto.

domingo, 26 de julho de 2009

Nevoeiro em Quarteira - "Com nevoeiro não há piloto"

"Com nevoeiro não há piloto", nessa manhã esta era a frase mais utilizada pelos "Homens" habituados às lides do mar. "Homens" porque na vida do pescador não há lugar para os menos capazes ou iludidos com pensamentos de grandeza em relação aos outros. "Homens" porque formam uma elite de trabalhadores especializados nas diversas artes que desde de pequenos foram habituados a aprender, muito por necessidade e pela perspectiva de uma profissão. Contudo, estes "Homens" em cima de água temem acima de todos um único inimigo! O nevoeiro, que, de um segundo para o outro se abate com tal firmeza que o som abafa, a visão sente-se e os corações começam a bater mais forte. GPS, Radar são tecnologias valiosas caso o nevoeiro surja, mas se puderem evitar de ir para o mar quando o tempo se encontra como está representado na imagem, não apanham lá um que seja! Pode estar o peixe em monte, mas eles não saem da doca.
Preceitos antigos que dificilmente são apagados do código genético do pescador, mas que acaba por ser um bom mecanismo de alerta.
No fundo, tenho vindo a descobrir por conta do trabalho no mar que há Homens e homenzinhos e que grandes Homens temos em Quarteira!

quarta-feira, 15 de julho de 2009

"Canto Nono" Teatro na Avenida Marginal Pedonal de Quarteira - Dia 18 de Julho às 22h00

"O Teatro vai ser uma das manifestações culturais mais importantes no âmbito do programa de animação de Verão no Concelho de Loulé.

O Canto IX de “Os Lusíadas” surge na narrativa épica de Camões essencialmente como corolário de festa pagã, prémio que a venerável Vénus entende ser devido aos portugueses pelo reconhecimento da sua bravura e de que por esta têm direito ao merecimento de compensação terrena.

O espectáculo “Canto Nono” é, pois, não uma elaboração que pretende reproduzir passo a passo os momentos do Canto, mas antes uma elaboração alusiva a esse momento da épica camoniana, onde as personagens se cruzam com um sentido de festa e devir poético que tarda: Ai Portugal, Portugal!/Do que é que estás à espera?!"

in, Voz de Quarteira, Julho de 2009

.............................................................

Aprás-me dizer, temos uma Cidade de Quarteira "mais" cultural e ao aproveitar o nosso magnifico clima, apostando nestes eventos nocturnos ao ar livre é uma das soluções para combater o público "dificil" que existe em Quarteira.

Os Quarteirenses são muito selectivos meus amigos, não se esqueçam disso.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Plantação de Cana do Açúcar em Quarteira

As fontes históricas relativas à povoação de Quarteira, remontam ao século XIII. Conotada, como tendo um território, em que as zonas de cultivo eram extremamente férteis, os seus melões e melancias eram tidas de qualidade especial.
Logo, o motivo da ordem de D. João I em fazer as primeiras experiências de plantação de cana do açúcar em Quarteira, poderá ser explicado pelo seu clima e qualidade dos dos solos.
Adianta-se, que o local onde se terá levado a cabo estes ensaios, terá sido numa vasta propriedade situada a 3 km a Oeste da povoação de Quarteira.

A cultura da Cana do Açúcar, Atum e outros vai-se perdendo da memória...


sábado, 4 de julho de 2009

Gabinete de Inserção Profissional na Junta de Freguesia de Quarteira!

"Os Gabinetes de Inserção Profissional (GIP) têm por objectivo apoiar jovens e adultos desempregados na definição ou desenvolvimento do seu percurso de inserção ou reinserção no mercado de trabalho, em estreita cooperação com os Centros de Emprego do IEFP, I. P.


Actividades do GIP


a) Sessões de informação, dirigidas a jovens à procura do primeiro emprego e desempregados, sobre as medidas de qualificação profissional, apoio ao emprego e ao empreededorismo;


b) Sessões de Informação, dirigidas a jovens à procura do primeiro emprego e desempregados, sobre as ofertas formativas disponibilizadas na região por operadores públicos e privados;


c) Sessões de Formação sobre Técnicas de Procura de Emprego, dirigidas a jovens à procura de primeiro emprego e desempregados;


d) Atendimento individualizado e apoio à procura Activa de emprego por parte de jovens à procura de primeiro emprego e desempregados, bem como motivação e apoio à participação em ocupações temporárias ou actividades em regime de voluntariado que facilitem a inserção no mercado de trabalho;


e) Visitas a empresas/ entidades para diagnóstico de necessidades de formação, captação de ofertas de emprego e divulgação das medidas de apoio ao emprego;


f) Encaminhamentos para ofertas de emprego, medidas de apoio ao emprego e ao empreendedorismo, e para ofertas de qualificação profissional;


g) Acções de promoção e divulgação do GIP, junto de potenciais utilizadores;

contacto: gip.jf.quarteira@gmail.com"


Segundo consta, somente duas juntas de freguesia no Algarve têm este Gabinete de Inserção Profissional da autoria do Governo. São essas a Junta de Freguesia de Albufeira e Quarteira, a concretização deste gabinete na nossa freguesia é da maior importância, dado que em momentos como estes em que vivemos, toda a ajuda é bem-vinda quando se trata em arranjar emprego.

Escola Salpicos de Música - Vários Concertos no Auditório do Centro Autárquico de Quarteira!

Ontem à noite por volta das 21:00 teve inicio no CA de Quarteira vários concertos da Escola Salpicos de Música. Embora, já tivesse conhecimento do evento por parte de alguma publicidade inerente ao mesmo, decidi passar por lá a convite de uma pessoa amiga. Afinal demonstrou ser uma grande noite, em que vários jovens da escola actuaram para os presentes.

Aspecto positivo: O novo auditório está a ser palco referencial para este tipo de eventos musicais o que dignifica em muito este novo espaço de todos os Quarteirenses e estava "casa cheia" quase 200 pessoas.

Aspecto negativo: Realmente o aspecto menos conseguido nesta noite, foi o facto das famílias conforme os seus parentes acabavam as suas actuações, abandonavam o espaço. Isto na minha opinião é demonstrativo da falta de uma cultura musical, não no sentido da apreciação da musica, mas no respeito para quem ainda ia actuar naquela noite.

De resto foi uma noite muito agradável.

sexta-feira, 3 de julho de 2009

1ª Reunião da Assembleia de Freguesia de Quarteira no Auditório do Novo Centro Autárquico

No passado dia 29 de Julho realizou-se a primeira reunião da Assembleia de Freguesia de Quarteira, no novo auditório do Centro Autárquico de Quarteira. Nesta reunião a ordem do dia foi a discussão e aprovação da segunda revisão orçamental de 2009.
Embora, vários assuntos tivessem sido discutidos, ficamos a saber por parte do cidadão Isidro Dinis que será candidato pelo CDS/PP nas próxima autárquicas, Artur Domingos do Centro Desportivo de Quarteira questionou a mesa da assembleia devido a umas mudanças de ultima hora na configuração geográfica das mesas e apresentou resultados do CDQ. Ainda Sebastião Rocha fez alusão à Vala Real e grande parte do tempo destinado ao público foi atribuído ao assunto das Marchas dos Santos Populares de Quarteira e foi questionada a sua capacidade organizativa dada a dimensão e projecção em que as marchas chegaram.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Concorda com a criação de uma Associação para a Defesa do Património Quarteirense?



Primeiro há que ter presente que uma associação de defesa do património deverá ter em conta uma série de tópicos fundamentais. Estes tópicos roçam o estudo e a divulgação do património histórico, a defesa do mesmo, apresentação de propostas que visem a sua recuperação, valorização e promoção de actividades que coloquem a população em contacto com esse património.
Cada vez mais, esta questão deverá ser uma das preocupações dos cidadãos e até uma forma de ser civicamente activo na nossa comunidade. Dai a existência de uma associação deste género poderia quem sabe potencializar em muito o nosso património e oferecer ao residentes uma visão do passado acerca de Quarteira e até quem sabe dar outro tipo de vida ao centro histórico da nossa cidade. Sim! Em Quarteira XXI é usada a designação "centro histórico" e cada vez mais será assim.

terça-feira, 23 de junho de 2009

Santos Populares de Quarteira - Hoje é dia de Marchas!

Hoje é dia 23 de Junho, não se esqueça que é dia de Marchas em Quarteira! Apareça na avenida marginal pedonal de Quarteira e faça parte deste grande património cultural Quarteirense.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Meeting de Atletismo Cidade de Albufeira - Centro Desportivo de Quarteira 1ª Equipa!

No passado dia 20 de Junho, o Centro Desportivo de Quarteira voltou a conseguir a 1º classificação por equipas no Meeting de Atletismo Cidade de Albufeira.

Entre 18 equipas o CDQ mostou ser a mais completa e arrecadou maior parte dos podiuns, significativo do trabalho que tem vindo a ser realização pela sua equipa técnica.

Vitórias de:

Miguel Santos (Vara), Catarina Marques (2000 Marcha), Artur Domingos (2000 Marcha), João Silva (1000), Jorge Eduardo (800 Mts) e as Estafetas....

4x80 Infantil Feminino com uma muito boa marca Nacional - Catarina Marques, Vanessa Cardoso, Clarisse Almeida, Marta Faria

4x80 Iniciados Masculinos - Mário Mourão, Miguel Santos, Yasmin Jovina, João Pimenta.

Quarteira tem Atletismo de Qualidade!

Pontuações no Site


quinta-feira, 18 de junho de 2009

Diário da República - Centro Histórico de Quarteira

No Diário da República, 2.ª série — N.º 41 — 27 de Fevereiro de 2008, podemos encontrar esta informação muito interessante. Afinal alguém "reconheceu" a existência de um Centro Histórico em Quarteira, embora o que realmente interessa é a inventariação dos imóveis e respectivas delimitações do centro histórico. Veremos o desenrolar desta situação que tanto aflinge os Quarteirenses.

terça-feira, 16 de junho de 2009

O estado do Património Cultural de Quarteira - Moinho de àgua

(Moinho de Água - Quarteira)

Foi lá no moinho d´água
Que por ti m`enamorei
E as mós cantaram mágoas
Do tanto que por ti chorei

E as mós foram parando
Com a velhice que chegou
Moinho d`água está lembrando
Cada lágrima que rodou

Autor:Marias

Nos dias que correm o ritmo acelerado da vida citadina faz-nos esquecer os tempos em que as coisas aconteciam, de acordo com a vontade das águas. Contudo, há muito que deixou de moer, há muito que foi abandonado e há muito que "chora" por uma nova vitalidade que lhe faça moer uma vez mais. É verdade, às vezes quando menos esperamos o nosso património cultural tenta chamar por nós, mas estamos tão envoltos em outras questões que não conseguimos ouvir o seu lamento.
Meus amigos, este bem cultural está transmitir-nos valores! Valores esses que se traduzem em memória, antiguidade, autenticidade, originalidade, raridade e até singularidade, isto compõem a nossa memória cultural enquanto povo de Quarteira. Dizem que as nossas cidades são reflexo do nosso país, efectivamente isso é comprovável, contudo é esta a imagem que queremos deixar passar para o exterior? Centros Históricos em ruína, património "rural" ao abandono? Acreditem há muito mais a ganhar em tê-lo conservado e salvaguardado, do que destruído e perdido no esquecimento.
Enquanto isso, vamos deixando aos poucos os elos com o passado, atenção um povo sem memória cultural colectiva não é um povo, é algo mais, que espero nunca ter que chegar a presenciar.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Ratazana vs Gato... Só em Quarteira!

Se existe alguma terra no Algarve onde estes insólitos tenham lugar só poderia ser Quarteira! Esta fotografia é da minha autoria e digo-vos que é um dos meus grandes momentos, nunca tive oportunidade de capturar uma fotografia deste género.
As coisas que podem acontecer de noite no nosso quintal...

domingo, 14 de junho de 2009

Segundo o Diário da República Quarteira é Concelho!


Finalmente, pus termo a este período de jejum aqui no Quarteira XXI! Tenho novamente condições para proporcionar ao Quarteirense e não só, bons momentos de interesse aqui no blog. Para quebrar com esta passividade, trago-vos uma noticia muito pertinente para a nossa cidade. Quarteira é Concelho e nem sabíamos!

Ao observar com mais atenção podemos deduzir claramente o seguinte; "Aprova o Regulamento de exploração do Porto de Pesca de Quarteira, no concelho de Quarteira", a Res Publica tem esta cidade junto ao litoral Algarvio como Concelho? Enfim... Parece que não passou tudo de uma gaffe...
Há coisas que não é possível impedir.

domingo, 31 de maio de 2009

Esclarecimento aos Visitantes do Quarteira XXI

Escavação em Loulé
Caros amigos, escrevo estas palavras no blog pois acredito que vos tenho tratado de uma forma não muito correcta e muito aquém do espírito do Quarteira XXI. Mas o facto é que cheguei a uma altura da minha vida Universitária em que os trabalhos afunilam e o tempo escasseia. Logo, não tive ainda disponibilidade para continuar com os assuntos que diariamente abordava, mas peço que aguardem porque irei demonstrar uma vertente mais baseada na "reportagem", e acredito que dará uma nova vitalidade a este espaço.
Até ao próximo post!

Abraços,
João Santos

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Criação do Blog da Juventude Social Democrata de Quarteira

"O Núcleo da Juventude Social Democrata tomou como primeira medida, a criação de um blog com a finalidade de transmitir informação acerca das suas actividades e deste modo alcançar os jovens da freguesia; http://jsdquarteira.blogspot.com/. No mesmo sentido, demonstrando o carácter inovador e dinâmico desta nova estrutura, foi criada uma conta no Twitter; http://twitter.com/JSD_Quarteira.  Esta capacidade de tomar pequenos "passos" que mais tarde serão da maior importância, é demonstrativo de uma Jota que quer perdurar e não findar a sua actividade a quando da primeira dificuldade.
Sendo assim, a JSD Quarteira convida a todos a visitar este novo espaço na WEB e a seguir as actualizações do Twitter.

A Comissão Instaladora do Núcleo da JSD Quarteira"
..............................................
Sendo esta uma noticia importante para os jovens da freguesia, senti o dever de a colocar no blog. Obstante qualquer critica, afinal somos todos por Quarteira.

sábado, 9 de maio de 2009

Quarteira - «Forte Novo ou da Armação» é desclassificado, por ter sido destruído pelo mar!!!

Artigo 3.º

Desclassificação

«É desclassificado, por ter sido destruído pelo mar, o «Forte Novo ou da Armação», que se situava a cerca de 2 km a sudoeste da ribeira de Quarteira, na freguesia de Quarteira, município de Loulé, distrito de Faro, e que havia sido classificado, como imóvel de interesse público, pelo Decreto do Governo n.o 735/74, de 21 de Dezembro.»

No Decreto n.o 2/96 de 6 de Março em Diário da República surge este artigo 3.º. A epigrafe «Desclassificação» é sinónimo daquilo que tem acontecido ao nosso património histórico. Logo, devem de ser apresentadas mais e novas soluções para esta questão vital para a cidade. Peço às associações, fundações e à pessoa individual que se tiverem documentação antigas, objectos arqueológicos ou até fotografias antigas etc... Que entrem em contacto comigo através do Quarteira XXI, porque meus amigos está-se a perder muito e algum dia nós Quarteirenses não sabemos quem somos.
O Forte foi exemplo da nossa passividade e desconhecimento para com estas questões, logo é importante educar hoje para preservar amanhã!

terça-feira, 28 de abril de 2009

Dia 9 de Maio - Birdwatching na Lagoa da Foz do Almargem

"Face ao crescente interesse manifestado pelo público em geral na observação de aves (“Birdwatching”) no Concelho de Loulé, a autarquia louletana vai realizar um segundo passeio de observação de aves, desta feita em plena Primavera, altura privilegiada para este tipo de actividades, que irá acontecer na Lagoa da Foz do Almargem, em Quarteira, no próximo dia 9 de Maio. 

 Este passeio será conduzido por dois monitores, João Ministro e Miguel Mendes, da Associação Almargem, sendo o local de concentração na Fonte Santa, em frente ao restaurante Marufo, pelas 9h00.   

As inscrições (até um máximo de 20) são gratuitas e estão abertas até ao dia 5 de Maio, através da Divisão de Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, telefone 289 400 890, E-Mail: dads@cm-loule.pt."

in, Voz de Quarteira, Abril de 2009

Estas iniciativas só são possíveis, porque aquele ecossistema  mal ou bem tem sobrevivido ás pressões do Homem. Logo, estas actividades são importante spara "educar". Esperemos que o Birdwatching possa ser feito durante muitos anos.

sábado, 25 de abril de 2009

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Artista da Terra - Exposição de Carlos Vila na Praça do Mar em Quarteira

"Para o pintor Carlos Vila, a arte é como uma terapia, que nasce de um gosto intrínseco. Confessa que quando começa uma tela não faz ideia do que irá sair e que é a própria tela que indica o caminho. A exposição vai estar patente na Galeria de Arte da Praça do Mar, em Quarteira, até dia 17 de Maio.
Nasceu em Lisboa “por acidente” mas considera-se algarvio desde sempre. Residente em Quarteira, Carlos Vila dedica-se à pintura há mais de 30 anos e esta é sua segunda exposição na Galeria de Arte da Praça do Mar, em Quarteira. Recorda-se da primeira mostra que ali fez, “As Figuras do Século XX”, que considera “um trabalho completamente diferente”. Este conjunto de obras, agora em exposição, funcionam como “uma terapia pois é um trabalho que faço mais por gosto, enquanto os outros trabalhos, mais comerciais, faço para sobreviver”, confessa o pintor ao Jornal Carteia."

in, Carteia, Abril de 2009
....................................................
Toda a criação artística é importante e deverá sempre ser vista como um avanço na Cultura. Só que, em tempos de crise a cultura é "escorraçada" para níveis que não lhe fazem jus. Logo, vamos apoiar a criação artística em Quarteira seja ela qual for e acreditem que serão pontos a favor da nossa Cidade.

Armação de Atum em Quarteira? Companhia de Pescarias do Algarve - "Aposta na pesca de atum é prioridade"

"A revitalização da pesca de atum no Algarve, com a instalação de duas armações ao largo da região, é o objectivo do projecto que a Companhia de Pescarias do Algarve (CPA) espera ter aprovado até ao final do Verão. «Este projecto consiste em duas armações de pesca ao largo do Algarve, entre Cabanas (Tavira) e Quarteira (Loulé), uma aquacultura em 'offshore' de bivalves (ostra, vieira e mexilhões) de 16 hectares, na área piloto de Produção Aquicula da Armona, e uma unidade de transformação no porto de Olhão», precisou."

«Estamos em fase de aprovação e licenciamento na CCDR, IPTM e ARH. Falta a formalização dessas licenças para avançarmos e esperamos fazer isso o mais rapidamente possível», disse Farinha, precisando que espera obtê-las «até final do Verão e arrancar com o projecto no quarto trimestre do ano».

in, Destak, Abril de 2009

.............................................................

Quarteira teve uma grande tradição do Atum em séculos passados, no entanto caiu no esquecimento. Deste modo, este projecto da CPA, vem mostrar-se da maior importancia, pois quem sabe possa vir a criar alguns postos de emprego e potencializar o Atum na região como mais um chamariz Cultural e Turistico.

Freguesia de Quarteira - Locais a Visitar: Forte Novo e Torre de Santo António... Como?

Ao fazer uma pequena pesquisa na Internet, acerca deste assunto, deparo-me com esta "surpresa" que surge neste site http://www.mapadeportugal.net. Bem... Acho que vou fazer-me ao passeio e dar uma volta em torno da Torre de Menagem de Quarteira ou Torre de Santo António, mesmo ao lado da Junta de Freguesia. Ou então vou até á arriba da Praia do Cavalo Preto ver o Forte Novo. Sem dúvida, seria um itinerário muito interessante para se visitar e ficar a conhecer um pouco mais a História desta cidade. Contudo, a Torre foi vendida pedra por pedra para a construção de habitações e o Forte Novo jaz sobre as ondas da Praia do Cavalo Preto.
Era muito bom, se esta informação que aparece neste site fosse assim mesmo.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Ruinas de uma Povoação Romana em Frente de Quarteira!

"A partir dos dados da Geologia Costeira, que apontam para o recuo da costa meridional e forte incidência do fenómeno no litoral de Quarteira (Dias, 1988 e Marques, 1997), foi possível relacionar três informações distintas. A saber: uma dinamitagem, levada a cabo em 1930, de "pegadilhos" frente a esta vila (que se viria a verificar, depois, serem estruturas) e registadas no diário de bordo do navio de salvação Patrão Lopes; o registo em finais do século passado, por Estácio da Veiga, de « uma povoação extinta ou arrazada« na praia de Quarteira (Veiga, 1910) e finalmente, a referencia de Frei Vicente Salgado, uma século antes de Estácio da veiga, de «ruínas de uma povoação» no sitio de Quarteira « onde é a grande pescaria do atum» (Salgado, 1785)".

in, al-ulyã - revista do Arquivo Histórico Municipal de Loulé, 1999/2000