quinta-feira, 10 de abril de 2008

O equilíbrio da questão das árvores...

Ao fazer uma visita ao amigo "Calçadão" encontrei a foto dramática de uma árvore que tinha sido cortada há pouco tempo. Passado 2 ou 3 dias no lugar dessa árvore aparecem duas novas. Isto quer dizer algo, esse algo é que a CML sabe o que está a fazer, procurar abater árvores com diversos problemas e procurar restaurar o equilíbrio colocando novas.

3 comentários:

Lourenço Anes disse...

João, meu amigo:
Não me pareceu tão "equilibrado" o seu post!... Desculpe lá, amigo, mas se leu com atenção (não basta olhar para as fotografias) nesse post o 'Calçadão' apresentou razões para que se compreendesse o abate dessas árvores. O post do 'Café' parece dar a entender o contrário... Não foi justo, pois não?
É que há situações compreensíveis (esta) e outras que não são razoáveis (as árvores da avenida Sá Carneiro - uma situação muito diferente).
Cumprimentos

João Santos disse...

Amigo Lourenço;
É verdade, finalmente lhe dou razão em toda esta questão das árvores, erro meu, mas vocês faz alguns tópicos tão grandes que nem chego ao fim.

Deste modo, fique aqui patente que foi falta de atenção minha.

Cumprimentos.

Anônimo disse...

Caro João:

É claro que você não foi injusto nem tem nada que pedir desculpa.

Por favor não se deixe intimidar por esse senhor....

Somente um através de um grande enviesamento e fraquíssima capacidade cognitiva, se pode vislumbrar alguma contradição entre o que você aqui, muito bem disse no seu post, e o que vem no post do calçadão....

Você apenas frisou ( e muito justamente, diga-se) que onde antes estava uma árvore podre e sem futuro, foram plantadas duas novas e de boa saúde....

Por muitas voltas que se dê...é apenas isto.