quinta-feira, 28 de junho de 2007

Peixe a cozer ao sol em Praia de Quarteira!!!

Antes de seguir para mais pormenores vamos ver o vídeo;



Após terem visto este pequeno vídeo que O Café da Avozinha elaborou, espero que compreendam que isto acontece há anos em Quarteira, que anda nas bocas da população piscatória. Mas como esta é uma terra em que as pessoas ainda têm medo de pequenas vinganças, anda tudo calado, ninguém quer saber e ninguém faz nada. Assim sendo, o CDA teve que agir...

Image Hosted by ImageShack.us


Nesta imagem podemos ver os esforços de um nadador salvador para dinamizar os danos que já tinha sido causados. As pessoas que estavam na praia até ajudaram a recolher algum do peixe, dava para ver na cara de muitas e pelas suas acções, que pensavam que seria algum tipo de descarga poluente que tivesse morto os animais. Mas como filho da terra e de pescador, habituado a ver destas situações pensei logo que tivesse sido traineiras. Interessante o facto de "noticias" como estas não surgirem nos jornais locais ou outro tipo de comunicação social sem ser um simples blog.

Image Hosted by ImageShack.us


Aqui podemos ver algum do pescado apanhado nesta boa manhã de pescaria na praia, no fundo são cavalas e peixes agulha, cujo valor comercial é muito baixo, então é deitado ao mar... Para as praias de Quarteira esta é uma situação perigosa, pois pode levantar muitas questões acerca da qualidade das suas águas, sem contar com a imagem muito negativa que dá. Dizem que o ouro de Quarteira são os seus grande areais vastos, limpos e águas de qualidade superior? Então vamos lutar por isso e chamar atenção da Junta de Freguesia de Quarteira, Câmara Municipal de Loulé e Policia Marítima para estas situações.

Para Quarteira, mais uma vez, sempre mais e melhor!!!


15 comentários:

hehe disse...

As traineiras atiram borda fora o peixe que não pode ser vendido em lota (devido às suas dimensões). Acontece que peixe deste tamanho pode ser vendido pelos espanhois. Uns são filhos outros enteados. hehehe

O Café da Avozinha disse...

Devido às dimensões da captura, porque só pode ir x caixas de peixe para a lota. Porque o peixe que encontrei na praia tinha medida.

Abraços.

O Café da Avozinha disse...

Estão a ver? É por causa disto que Quarteira não tem vida politica!!! Uma questão destas era para estar a ser debatida. Ao olhos dos residentes/turistas a qualidade das nossas praias está a ser posta em causa!!!

Enfim...

Abraços.

Anônimo disse...

e isso foi este ano????
ou no ano passado?????
é que este ano que eu tenha conhecimento "ainda" nao aconteceu isso.
e em que praia foi????
vê lá se não estás a trocar as datas moço...
Quarteireira

O Café da Avozinha disse...

Sim...
Ano da Graça de Deus Nosso Senhor 2007...
Aconteceu sim... Eu estava lá...
Na praia ao lado da Doca de Quarteira...
Ainda sei o que faço moço...

Quarteira

Abraços.

*Veja o pequeno filme que fiz, está no inicio do tópico.

garcia disse...

O senhor ou a senhora k respondeu ao meu amigo João deve de ter andado a dormir estes anos todos porque a situação exposta há muito que é uma realidade, lembro-me desde de miudo que pelo menos no verão é prática corrente esta lametável situação!

Pergunto aqui, onde estão as autoridades competentes que deixam passar em branco um crime destes...sim crime mais não seja para mais uma vez denegrir a imagem da nossa cidade,diga-se que não nos é nada favorável infelizmente...


Graças a Deus que a comunicação social ainda não se lembrou de cá vir! O melhor talvez era cá virem pois tá visto que só quando as situações tem visibilidade é que os meios competentes agem!!!!!

O Café da Avozinha disse...

É verdade Garcia, estas são aquelas situações que todos sabem, mas ninguém se quer chatiar. Até admira ninguém da QUARPESCAS ou outra associação não falar nisto. Mas os sacos de sardinha compram qualquer um e acaba por ficar tudo calado.

Falam tão bem do peixe de Quarteira... Ok.. Mas algum dia não há peixe para ninguém. E depois???

Abraços.

Quarpesca disse...

A Quarpesca há três anos consecutivos que afixa um edital na vitrine de informações que temos dentro do porto de Pesca no edificio do posto de combustivel alertando todos os armadores das pesadas coimas ao atirarem o peixe para dentro do porto ou a menos de 6 milhas da costa.
A Quarpesca mais não pode fazer, do que alertar os nossos armadores pois compete as autoridades a fiscalização desses actos que a Quarpesca condena.
Helder Rita

Quarpesca disse...

Há....
Esqueci-me de salientar que o IPTM Instituto Portuário dos Transportes Marítimos responsável pela gestão do Porto de Pesca que tem um funcionário a tempo inteiro no Porto e que nada faz a não ser para receber as avenças ou seja o pagamento de utilização do Porto cabe a autoridade portuária a responsabilidade de todo o peixe que é jogado dentro do porto na escolha de outras espécies com valor comercial, esses mesmo peixe é que sai de dentro do porto de pesca flutuando algum dele para as praias.
Hélder Rita

garcia disse...

Muito obrigado pela sua resposta Senhor Helder Rita, o blog existe tambem pa tirar duvidas e tarmos ao corrente das situações.

Pois visto ao esclarecimento deste senhor Helder e lamentavel que as pesssoas tendo informação sobre o sucedido e depois tem estes actos lamentáveis, é pena porque so prejudicam a sua terra,o funcionário que lá se encontra e não faz nada eu pergunto como é que este individuo se encontra ainda lá!?

O Café da Avozinha disse...

Anda a receber os €€€ das boias... Aquilo já nem boias são, é uma especie de objecto flutuante que ali andam as vezes à driva.

Mas sem dúvida, uma situação lamentável, mas enfim... É assim que eles são os grandes campeões da Sardinha. Deste modo não pode existir sustentabilidade no sector das pecas.

Abraços.

Anônimo disse...

Os sacos de Sardinhas compram qualquer um ???

Nas fotos vejo é cavalas e agulhas !!!

Não será mais correcto dizer que não existe fiscalização há altura ???

O Café da Avozinha disse...

Sacos de sardinha compram!!!

Cavalas, agulhas e tem razão.

"Não será mais correcto dizer que não existe fiscalização há altura ???"

Não existe esse interesse meu amigo, és barcos que fazem isto têm redimentos que ultrapassam por ano 3 a 4 vezes redimento de barcos mais pequenos. Claro qe não é do interesse do Estado chatiar esses senhores. Mas em cima dos brcos pequenos já andam.

Fiscalização? LOOOL se Comem todos do mesmo prato.

Anônimo disse...

Sou de Olhão e visito este blog com alguma frequencia, e apenas fiz o utlimo comentário sobre esta situação.
Visito Quarteira com freguência pois tenho aí familia.
Esta situação do peixe dar á costa já vem de muito tempo.
Não tem de certeza a ver com o tamanho dos barcos nem com os rendimentos dos mesmos, mas sim á atitude de quem os governa.
Se digo que existe falta de fiscalização sei do que falo e o meu amigo "o caf+e da avozinha" tambem se percebo as sua incinuações quando se refere ao senhor que esta á porta do port e nada faz.
Todos sabem quais são os barcos que jogam o peixe á boca da barra do Porto de Quarteira, mas ninguem tem coragem para intervir.
A questão é a falte de ética por parte de quem pratica tal acto.
Quanto ao tamanho dos barcos lembro-lhe que aqui na minha terra foram recentemente enviados para terra 8 barcos fabrica "arrastos" pela ASAE.

Abraços

O Café da Avozinha disse...

Tem razão a situação não é de agora, já vem de há anos, parece que existe um medo em Quarteira de falar-se nisto. Com medo de vinganças, não sei...

No que toca à fiscalização, ela não existe, porque nesta terra nunca existe nada, nesta terra é tudo feito às claras e ninguém faz nada. Por exemplo os toxicodependentes que metem-se a vender peixe até há 13:00 da tarde. Onde está ASAE?

Onde está a fiscalização? Quando estas e outras situações acontecem? Não está... Neste fim do MUndo só passam cá para vir à feira de roda dos Cds Piratas.

Agora é triste jogar-se peixe fora e ele ir dar às praias.

Sofrem as especies e sofre o turismo.

Abraço.